person_outline



search

SOBRETARDE

espera a noite, que meu dote são estrelas

          Mariana Machado de Freitas, em Reflexo 


Espera a noite alta ali no véu arroxeado

do hemisfério… Espera e abra as janelas

no ato da cortina que engravida da rajada

ríspida na cesárea desta manhã berinjela.


Espera a coreografia crua da minha língua

à noitinha quando estiver entre a cavidade

do queixo contra o nervo agudo da espinha:

e terei os leites que afundarão na sua carne.


Espera a lagarta. E a crisálida. E a borboleta.

Seu é o meu céu. E trago um dote de estrelas

Pin It
Atualizado em: Seg 13 Set 2021

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222