person_outline



search

IMÃS

Fitava seus movimentos na cozinha,
lá e acolá, abaixava, acendia e sorria
para os lados, já que sem olhar sabia
dos meus olhos (viam o que você fazia,
o que erguia, lacerava, fritava e bulia),
pois eram seus e só por você morriam,
enterravam a sete palmos e maldiziam.
E com você apenas eu sentia que vivia
aquele fim do nunca mais ter ninguém.
— Eu era um ímã. E você era também.
Pin It
Atualizado em: Seg 23 Ago 2021

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222