person_outline



search

ERUPÇÕES DO SENTIR

Neste mundo atual, envolto pela sordidez e corrompido em sua estrutura pelo seu sistema aniquilador que trata as pessoas como objeto descartável; em que a busca é pelo especioso ter; e não o ser. Em que o ter (matéria) é o mais importante. O ser (digno) é irrelevante, fútil, e frívolo. Vivemos em um mundo de logro; de ardil; de lucro; de artimanhas e astúcias, em que o dinheiro é o Deus, pois para a maioria, ele não só fala como faz calar a boca de muita gente. Dizem que todo o homem tem o seu preço; uns são mais altos, outros mais baixos; nossas imperfeições mostram isso. Ao que parece somos todos corruptos, pois, a ocasião faz o ladrão e a falta de oportunidade faz a honestidade; é constrangedor expressar direta, objetiva e honestamente, pois, causa impacto e polêmica, e cria-se para o autor o estereótipo de negativista, quando na verdade podemos rotulá-lo de realista.

Somos confrangidos escravos,
em um sistema consumista;
nossos desejos ensejam travos,
para o sucesso em conquista!

Neste palco de atores,
em que o roteiro é implacável,
vencedores e perdedores,
fazem o show ser deplorável!

Que ordem econômica ordinária,
que produz tantos miseráveis,
tendo uma elite reacionária,
e ascosos políticos imprestáveis!

Que puta sacanagem,
destes políticos de merda,
com a imunidade em blindagem,
fazendo a nação ser tão lerda!

Este Brasil sem soberania,
sob às ordens do imperialismo,
trata sua gente com tirania,
pondo em prática seu canibalismo!

O processo de acumulação de capital,
também chamado de capitalismo,
substituiu os vassalos do sistema feudal,
pelos servos empregados do Coronelismo!

Entramos em uma armadilha,
que jamais vamos conseguir sair,
os poderosos são uma matilha,
fazendo de tudo para nos ferir!

Se você for do contra e se rebelar,
estarás desempregado e marginalizado!
Com sonhos e uma família para sustentar,
serás um subserviente martirizado!

Achas que os poderosos,
vão querer cair?
Até uma guerra poderão fazer,
para jamais perder o poder!
Pouco importa se para isso,
muitos inocentes vão sucumbir!

Oligarquia gananciosa,
corrompida pelo poder!
São serpentes ardilosas,
que deixam o povo a perecer!

O que advém da ilação,
é que vivemos de aparências!
É o especioso em adoração,
na superficialidade da essência!

Mas, neste nosso sistema consumista, individualista e capitalista, em que o capital é a gana, motivação e entusiasmo; como pode um chefe de família, que precisa de comida para prover-se; de pagar aluguel para morar; filhos e mulher para sustentar; sonhos a realizar; e não se corromper diante de cabais necessidades, pelo sistema que devora todos os princípios e valores morais. Se o homem é formado pelas circunstâncias; é necessário que essas circunstâncias formem humanamente o homem. Pois, uma injustiça que se faz a uma pessoa é uma ameaça que se faz a todas as pessoas. Vivemos em um mundo em que o ser humano é o maior predador revestido de desumanidades avassaladoras. O povo com fome não ouve a razão, não se pacifica com a justiça, não cede à súplica, pois poderosa é a lei, mas ainda mais poderosa é a necessidade.

Reverenciamos o nada,
nesta sumária passagem;
a desilusão é venerada,
pelo materialismo tão selvagem!

Oh! Quantas futilidades,
desperdiçaram o nosso tempo!
Somos seres incontroláveis,
querendo mais a todo momento!

Ancorado em transgressões,
pela luta da sobrevivência,
seus princípios sofrem erosões,
que envergonham sua consciência!

O jeitinho brasileiro,
só nos fez andar para trás!
Este foi o legado dos forasteiros,
que nos colonizaram tempos atrás!

Não existe homem santo!
Somos todos pecadores!
Não me olhe com espanto!
Você faz parte dos infratores!

Nós começamos a refletir,
sobre a odisseia que vivemos,
e a decepção em nosso sentir,
traz a prostração que não queremos!

É pura utopia, diante de nossa essência predatória, achar que as pessoas vão mudar para melhor, em sua evolução, pois, para conseguir nossos intentos; somos capazes de nos tornar um rolo compressor e passar por cima de milhares de cabeças, sem sentir qualquer dor de consciência, pois o interesse individual em nossa era, está acima de tudo. A civilização não suprimiu a barbárie: aperfeiçoou-a. Haja vista, que a história dos grandes feitos da humanidade nada mais é que uma história de grandes crimes. Sob a máscara da temeridade escondem-se grandes temores. O ser humano e suas mesquinhas paixões que de forma angustiante mostra que todo o seu processo de construção paradoxalmente carrega a semente de sua destruição. “Raspai a casca do homem civilizado e o selvagem aparecerá”.

Oh! Dubiedade cáustica,
impondo verdades ao inverossímil!
A raça humana procaz exalta,
ígneos deleites por desatinos!

As escolhas que fazemos;
as oportunidades que perdemos;
mudam nossos destinos;
suscitam vários caminhos!

Todos com suas máscaras,
a mostrar o que não são!
Protagonistas em devassa,
prostituídos pela ambição!

Oh! Silêncio em sentimento,
pela quietude introspectiva;
a eloquência de pensamentos,
traz instantes refletidos!

Como entender o mistério,
do porquê de nossa existência!
Nossa ignorância não é despautério,
pelos enigmas em evidência!

Neste Brasil de rapinagem,
colonizado por sem-vergonhas;
o legado foi a sacanagem,
pois, a pilhagem era boa!

Em nosso país continental,
de imensas riquezas naturais;
sua pobreza é intencional,
forjada por ações do mal!

Por que de suas lágrimas Brasil?
Quiçá, pelos políticos cafajestes!
Pelos hipócritas com seu ardil!
Tendo a demagogia como peste,
fazendo da República um covil!

Oh! Multidões em solitude,
magoadas por desventuras!
Sua passagem em finitude,
é presa por grilhões de conjecturas!

Quantos filhos que partiram!
Quantas mães amarguradas!
As feridas não cicatrizam,
pelas lembranças reavivadas!

Neste universo de suicidas,
onde a morte é benquista!
A vida é esperança destituída,
alteando práticas extremistas!

O diabo está em cada um de nós,
agindo sob várias formas!
A barbárie é porta-voz,
da sandice que nos deforma!

Você é o importante arquiteto,
para a sua sorte ou triste azar!
Deus haverá de estar por perto,
se é o amor que você quer achar!

Em todas verdades existem mentiras!
Todas as respostas são muito dúbias!
Em todos sonhos existem utopias!
vulcão 1
Pin It
Atualizado em: Seg 22 Mar 2021

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br