person_outline



search

LUCIDEZ

A lucidez é um fantasma

insolente quando ataca
num só raio — e me desloca
deste ocaso à aurora.    
Remove o preto das capas:
do Mephisto, a maquiagem,
e do verso a existência
do poeta e do poema.
A lucidez não é vantagem;
é volátil, desvantajosa...
Sua mó tritura as máscaras,
mas também sem dó o isola
no adro negro da razão,
onde toda a emoção
agora é água passada
sob esta passagem do nada.
A lucidez é um fantasma.

Pin It
Atualizado em: Qui 14 Jan 2021

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222