person_outline



search

JUNTOS (separados)

Sou feito de inúmeros eus conjurados

e simultâneos... Sou dois e sou vários,

aquele da esquina acesa ou o do trago

mais forte no balcão velho de mármore.


Sou muitos dentro de um mesmo buraco:

o pirata e o papagaio que repete a palavra

no rastro de um poema; um falso boticário

que mistura os venenos e afia os estilhaços.


Sou uns e nenhuns, tipo o cara que escapa

da verdade única, como o crente do Diabo.

Aposto no homem — só até a página quatro.

Sou o hoje, o ontem — sou você ao contrário.


Não tenho caminho, mas apenas uma fábula.

Fui o que foi, o que está e depois o que passa.

Pin It
Atualizado em: Dom 29 Nov 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222