person_outline



search

Pause

Vontade de dar um tempo no mundo
E me enfiar em teus braços
De gastar esse sentimento profundo
Naquele nosso compasso.
E, sempre que no pensamento traço a ideia,
Dura um segundo;
E me escapa, louca, do regaço,
Pássaro moribundo.
Pin It
Atualizado em: Ter 15 Set 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222