person_outline



search

Corona Vírus 1

Lá fora um dia tão lindo,
Eu aqui nesta prisão.
Sem poder sair de casa,
Preso como se fosse um ladrão.

Sem ter matado ninguém,
Nenhum roubo cometi.
Olhando pela janela,
Paisagens que nunca ví.

Separado da familia,
Dos amigos dos irmãos.
Sem poder dar um abraço,
Nem dar um aperto de mão.

O tempo que era tão pouco,
Agora está sobrando.
Somente o relógio não para,
A terra continua girando.

A cidade está deserta,
Os velhos das ruas sumiram.
E das brincadeiras na rua,
As crianças desistiram.

Alegre na árvore cantando,
Não ouço o passarinho.
Por certo também está preso,
Com seus filhotes no ninho.

O grande ástro do momento,
Nos meios de comunicação.
É o famoso corona vírus,
Do mundo o grande vilão.

Desafia toda a ciência,
Tirando de muitos a vida.
Parece que é uma guerra,
Por toda a humanidade perdida.

Como tudo tem um fim,
O dele também vai chegar.
E novamente nós todos,
Vamos poder se abraçar.
Pin It
Atualizado em: Dom 24 Maio 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222