person_outline



search

O poema do fim do mundo

Nesta época
De fim de mundo
Escrever poemas
É grande problema

O cérebro para
Inspiração se esvai
Coração que dispara
Láspis não rabisca
Verso nem sai

Emocional fica mole
Ansiedade a mil
Seco se engole
Pontadas na mente
Cabeça diante fuzil

O herói desperta
Empatia avança
Motivação se liberta
O medo amansa
Rimas são descobertas
Num pingo de luz
A alma se manifesta
Pin It
Atualizado em: Sex 1 Maio 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222