person_outline



search

Ela é de água

Sobre lábios e boca, pele e suor
Teu perfume leve da rosa mais branca 
Sobre língua e dentes... um vestido despido
Sem pressa, com calma... com a alma na boca
Sobre o coração que povoa a ponta da língua 
E a obra mais prima povoando meu céu 
Sobre seios e pelos.. arrepios, luares
Um sentido que invade, uma sede sem fim
Sobre o desejo do gosto, do porto, do mundo
De desbravar os teus rumos, prumos e curvas
Sobre tua pele nua, crua, lua
E o apogeu da vontade, um sentido que arde
O meu ser.. intenção.
Pin It
Atualizado em: Seg 23 Mar 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222