person_outline



search

ENXOFRES

Eu sou tão somente um poeta

que não quer e não se completa

em meio às dúvidas que se enredam

entre o abrir e o fechar da fresta


— quando a madrugada se encerra

e o dia rosa cor de abóbora começa.

Estou sobre a vala cheia de merda

do fedor das línguas que se conectam


sob o ácido sulfúrico de suas moléculas

infestadas de ódio e mentira. E da inveja

afogada no brilhareco das mesas das festas

— onde não sou convidado pelos asseclas.


Eu sou tão somente um velho e sujo poeta

que não aceita ser — da troca — a moeda.

Pin It
Atualizado em: Qui 6 Fev 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222