person_outline



search

Paraíso perdido - tradução em hexadecassílabo

1 Da primeva desobediência do homem e o fruto
Daquela árvore vedada cujo gosto da morte
Carregou-a, a própria, pro mundo e lançou-nos n’angústia
Com a perda do Éden, té que o maior dos nascidos homens
5 Restaure-nos e recobremos o posto de júbilo.
Canta, musa celestial, aquilo em segredo! Distado
No cume do monte Oreb, talvez Sinai; inspiraste
Àquele pastor quem primeiro instruiu a prole eleita,
Dos primórdios, de como ocorreu ao empíreo e a terra
10 Desentranharem-se do caos; mas se a colina de Sião
Enleva-te mais junto ao correr das águas de Siloé,
Céleres pelo Oráculo de Deus, eu deste lugar
Conclamo-te o favor para esta canção aventurosa,
Infensa a modéstias pela intenção de se sobressair
15 Acima do monte Hélicon, ao passo de perseguir
Inéditos feitos, tanto faz que em poesia ou prosa.
E a ti especialmente, Santo Espírito! Sobretudo
Desejoso de retidão e pureza no coração,
Ensinai-me, pois vós sabeis, desde o princípio até agora!
20 Espraiadas vos estiveram as tão potentes asas,
Símile à pomba puseste semente no vasto abismo;
Fizeste-o impregnar-se: o que há de mim que for treva,
Aclarai-o; o que for baixo, sustende-o para o alto,
A fim de que a tenacidade deste grande argumento
25 Valha, de minha parte, pela Providência infinda
E se justifiquem para o homem os caminhos de D’us.
Dizei-me primeiro aqueles segredos por vós sabidos
Do Tártaro ao Paraíso; dizei-me, pois, qual ensejo
Que influiu em nossos grandiosos pais, para sua graça
30 Tão bem-aventurada nos céus degenerar em queda
Ante O próprio Criador e transgredi-lo a só vontade
Duma só instrução, mesmo tendo ainda o mundo inteiro.
Quem primeiro os seduzira à revelia deplorável?
A serpe satânica! Tomada estava de malícia,
35 Agitava-se à porfia, para vingar-se derribou
Para o erro a Mãe de todos, na hora em que seu orgulho
O tinha derribado também dos céus junto às suas hostes
De anjos rebeldes, auxiliadores da pretensão
De glorificar a si mesmo e acima de seus pares.
40 E tendo acreditado em poder igualar-se ao Excelso
Acaso pelejassem; por ambicionar intento tal,
Contrariando a autoridade do monarca Deus,
Investiu, na blasfêmia de guerrear pelos empíreos.
Arrogou-se debalde, já que O Todo-Poderoso
45 Precipitou-o, com chamas vorazes, dos céus etéreos
Pin It
Atualizado em: Qui 30 Jan 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222