person_outline



search

xxx

não sei que tanto insisto
se em meus ombros decaem
todas as vezes
uma sensação tão imensa de intensidade
me vejo obrigado a dizer
aquelas mesmas repetidas palavras
que o mundo inteiro grita aos seus ouvidos
e eu te vejo
e teu sorriso me encontra
seus olhos me dizem coisas lindas
e só queria que nossos corpos fossem um
sempre
pra sempre
(mesmo que nunca tenham sidos)

não importa se nossos rituais e caminhos sejam distintos
você me olha com esse olhar de coisas lindas
dizendo "você não tá gostando de estar aqui comigo e meus amigos?"
me imagino escrevendo uma carta de despedida
no meio do século 19
"querida, de todas as coisas que essa cidade pode me trazer
você sempre vai ser a melhor delas"

mesmo que o sentimento de deslocamento
não caiba em mim
o não pertencimento me alivia e me dá vida
meu olhar capta a beleza
de imensos e leves detalhes
seu olhar e expressão de amor, preocupação e atenção
o vento que sopra diferente
a paisagem com novas cores e tons
as pessoas conversando em idioma desconhecido

crio significados enormes para o céu estrelado
que amanhã vou esquecer
mas que não me deixam te esquecer
e querer te ver
mais e
mais
Pin It
Atualizado em: Qui 9 Jan 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222