person_outline



search

DOCE MORTE

Doce morte
Me seduz
A brincar com a sorte

De ver
Se com você
As coisas possam ser
Um pouco melhores

Cruel e sem piedade
Carrasca
Que a todos
Sempre vigia

Diz se meu
Destino
Sera de se ter com
A vida

Um mistério ao acaso
Passar de repente
Para o seu lado
Agora, depois ou nunca

Assustando-Se com
As suas promessas
Tão vagas
Mais ternas

Eu acabo me agarrando
Mais a vida
Que de tanta falta de sentido
Sempre se encontra algum...
Pin It
Atualizado em: Qui 13 Fev 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222