person_outline



search

A Sós Com A Lua

No céu eu posso ver a lua
Brilhando nua faço uma canção
Então derramei uma lágrima quente
No toque plangente do meu violão

Vou te olhar com sentimento
No momento em que estivermos sós
Confiar todos os meus segredos
E os medos que sufocam a voz

Quero elogiar em singela cantiga
Essa doce amiga que mexe com o mar
Fico a admirar sua face atrevida
Com a alma despida exposta ao luar 
          
Derramarei o meu coração triste
Que nunca desiste de externar essa dor
A lua me diz que é dor passageira
Eu fui a primeira a sofrer por amor
Pin It
Atualizado em: Dom 14 Abr 2019

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222