person_outline



search

De Filósofo à Poeta

Eu sempre quis ser um filósofo.
Eis algo que poucas crianças tem em mente como um sonho.
Vá lá que ser um astronauta, talvez um médico ou quem sabe o próprio presidente de um país sejam sonhos mais atrativos. Mas eu sempre quis ser um filósofo.
Queria que as pessoas me enxergassem como alguém que sabe daquilo que fala,
alguém que entende o mundo e as coisas que existem nele.
Mas então eu percebi que me faltavam incertezas.
Um filósofo não poder ser tal se não tiver muitas incertezas dentro de si, e quando eu conheci você eu nunca estive tão certo sobre tudo.
A vida havia deixado de ser uma dúvida ou uma curiosidade pois eu sabia que existia você.
E cá entre nós, o que mais havia para ser descoberto ou questionado quando você estava aqui?
Em um momento as minhas dúvidas eram sobre como o mundo funcionava, como as pessoas agiam e também o simples "porquê" das coisas.
E de repente percebi que as minhas dúvidas agora eram sobre quais as chances dos nossos filhos terem eles todos os olhos iguais aos seus?, ou então, como era possível você conseguir acordar tão mais incrível do que era quando foi dormir na noite passada?, ou até mesmo, como você conseguia ser tão interessante e ao mesmo tempo sexy enquanto estudava escrevia seus artigos?
Essas não são as dúvidas que um filósofo deveria ter.
Talvez um poeta, um daqueles extremamente românticos que gastam linhas e mais linhas escrevendo sobre o que sentem, mas com certeza não um filósofo.
Bem, agora talvez eu ainda quisesse ser um filósofo, mas, acima de tudo, queria ser seu.
E para o inferno com as minhas dúvidas quando você estava aqui.
Que o mundo girasse, que as pessoas vivessem e que as coisas continuassem a ter os seus "porquês".
Você tirou as minhas dúvidas, tirou o meu maior sonho e ainda assim me fez infinitamente feliz.
Pin It
Atualizado em: Dom 17 Mar 2019
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222