person_outline



search

LEVANTE DO INACABADO

Acorda para o mesmo,
antes de abrir os olhos
arranja a eternidade
estancada no instante.

Está para o mesmo,
o processo atualiza
fome sem controle
repete o sem fim.

O inicio é o fim de outro desmaio;
franjas do arco envergado,
tudo é um acordo de preservação.

Pesam pálpebras vultos pintados
numa caverna soterrada no Piaui.

Uma assinatura na lápide rasga
o véu que separa o negrume;
é encarnado inumerável
o levante do inacabado.
fShare
0
Pin It
Atualizado em: Qua 27 Fev 2019
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222