person_outline



search
  • Poesias
  • Postado em

Dia após dia

Dia após dia, ele sentia frio
Dia após dia, tristeza e arrepio

Dia após dia, no chão se deitava
Dia após dia, o Sol o encarava

Dia após dia, sacos e sacos de carvão
Dia após dia, garantia seu ganha pão

Dia após dia, encarava campos medonhos
Dia após dia, ele lutava pelos seus sonhos

Dia após dia, ele era discriminado
Dia após dia, invisível para o Estado

Dia após dia, o tempo vai passando
Dia após dia, sua hora vai chegando.
Pin It
Atualizado em: Dom 10 Fev 2019
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222