person_outline



search
  • Poesias
  • Postado em

"NUNCA MAIS EU IREI TE AMAR, UMA VEZ MAIS PARA SEMPRE..."

Parece mentira!
Que dela
Nada me reste
A não ser doce lembrança 
Daquele dia...
Sim!
Aquele que só
Ela e eu sabemos...
Vivemos...
beijemo-nos...
E em mil amores, 
Morremos e
Às doces e
Mais ou menos talvez,
Não tão "SINTONIZANTES"
Carícias e
Beijos nos entreguemos
E nos afoguemos...
Parece mentira!
Que amor com ela
Eu não queria.
Talvez, pra ela
Apenas mais uma 
Das suas saídas...
Pois bem o sei
Que amores passados
Nunca da memória
São apagados,
E ela pra mim 
Talvez amor verdadeiro,
Não tenha dado [...]
Pois seu amor 
Passado inda no 
Peito magoado
Vive à eterna desdita.
Como também
Na realidade,
Amor verdadeiro pra ela
Não pude dar...
Parece mentira!
Mesmo sendo "FRUSTRANTE"...
Assim o combinado
É sempre o bastante
Ainda que algo do
Planejado queira
De todo nos escapar...
É meio agravante,
Da mente não tirar
A lembrança da
MENINA
Dos lábios DOCE
Que és na realidade 
Mui MEIGA...
Mui charmosa...
Mui Misteriosa...
Mui ENGRAÇADA...
Mui inteligente...
Como gosto tanto
De tais qualidades
Que me muito
Faz contente [...]
Parece mentira!
Que meu amor 
Dei pra ela,
Mesmo eu sabendo
Como é a vida...
Como funciona,
As engrenagens da alma
Enfervecida, pelo calor
De uma eterna paixão
Que nunca mais há de uma
Vez mais ser vivida...
Mesmo eu sabendo
Que nunca uma vez mais
Meu amor para alguém
Dar eu consiga...
E acho que ela
Da mesma guisa
Comigo partilha...
Parece mentira!
Talvez...
Eu queira que não seja
Talvez...
Quisera eu amar
Outra vez...
Mas uma coisa eu
Sei...
Dela não mais
Esquecer-me-ei [...].

Pin It
Atualizado em: Sex 8 Fev 2019

Pessoas nesta conversa

  • O amor emana de cada palavra nessa sua poesia, e é de fácil percepção um certo medo também. Profundo e tocante, fez meu coração pulsar diferente.

    0 Curtir

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222