person_outline



search
  • Poesias
  • Postado em

TEMPOS DE PERDIÇÃO

Em dias inglórios e sombrios
Vai a humanidade por um fio
Exultada de tanto pressentir
Ter tantos males sem um fim 
 
Nestes tempos sem glória
Prega-se nos templos e ruas
Uma mensagem sem verdade
Um amor que nunca aquece
 
E em belas taças de prata
Bebe-se um vinho turvo
Pagos pelos incautos
Com medos da perdição

Em outros salões tão dourados
Canta-se o mantra dos perdidos
Dos tolos que foram desviados
Que na Lus não serão mais vistos
 
"Não é o lugar em que nos encontramos nem as exterioridades que tornam as pessoas felizes; a felicidade provém do íntimo, daquilo que o ser humano sente dentro de si mesmo” Roselis von Sass – autora brasileira
Pin It
Atualizado em: Qui 7 Fev 2019
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222