person_outline



search
  • Poesias
  • Postado em

Buquê de cadáveres

Pra não dizer que não falei das flores
Cortei todas hoje do meu jardim

Rosas, tulipas, orquídeas
Gérberas, cravos e jasmins

Cortei o mal pela raiz
E com os dentes, ainda
Quão orgulhoso estou de mim
Jardineiro masoquista

Pois quem sofre sou eu
Com as pétalas perdidas
As quais recolho uma a uma
Pra tornar as lápides floridas

Auspiciosa homenagem no jardim
Pra não dizer que não me despedi das flores.
Pin It
Atualizado em: Dom 3 Fev 2019
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222