person_outline



search
  • Poesias
  • Postado em

Jasmim

Perece em mim
A solidão eo ardor negativo
Por que aparenta a dama jasmim
Florindo e perfumando o meu mundo inativo

Dama dotada
de face reluzente
Meio desconfiada
De rosto sorridente

Rainha das flores
Musa aromática
Desfila com seus ardores
Discretamente apática

Vendo a fiquei ciumento
Por achar que ela poderia ser minha
Sempre rodeada de pedras e cimento
Mas não sei se ando onde você caminha

Jasmim , fiquei clichê
Em escrever o que penso
Em dizer a você
O que é denso

Intalado e difícil de falar
Que gosto de você, flor
Mas a dama não se permitiu conquistar ou eu que não fui um bom lutador ?

Ainda me pergunto
Jasmim , gostava de mim ?
Ou fui mais um moribundo
Apreciador da delicadeza cor de marfim ?

No processo a final
Ressoa amiúdemente
Palavras tiradas de nenhum canal
Lançadas ao papel da mente

Palavras sinceras
De um jovem mirim
Nada de antigas eras
Algo tipo assim

Por que quero criar um jardim
Para você ser meu jasmim
Minha flor de beleza sem fim
Ser a eterna diva de mim .
Pin It
Atualizado em: Qui 24 Jan 2019
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222