person_outline



search

Torrente

Sobre o verde das matas,
nuvens escuram se aproximam
despejando sobre sua torrente
sobre a terra, dissipando
vapor de uma velha locomotiva,

águas turvas tão punges
que distorcem o horizonte
e dão sobrevida a deuses
derrotados no calvário,

coqueiros se contorcem,
cada nervo atingido pelo
vento gélido somado a
ferida exposta pela chuva
que cai impiedosa,

enquanto cães e homens
buscam abrigo há espera
do fim da tempestade.
fShare
0
Pin It
Atualizado em: Qui 30 Ago 2018
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222