person_outline



search

Só grãos de areia

Areias, areias
A praia no inverno
Há encantos nas frias areias  que jamais estarão presentes no verão
Mais pesada, mais ocre e fria
Cheia de lembranças
Quantos fragmentos de vidas não contém
Do pó ao pó...alguém já disse

Pego as areias  nas mãos
Mas elas escapam entre os dedos
Fugidias e fugitivas
São como algo ou alguém que se foi
Sente-se a textura, o peso e as lembranças
Só a lembrança...
Mas há uma saudade pesada que nunca desiste
Ela quer te ver mais  uma vez no horizonte
Cadê você?
Pin It
Atualizado em: Dom 3 Fev 2019

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222