person_outline



search

EU NUNCA TE ABRACEI

Teu silencio de sombra entristece a estrada

que me separa  dos teus braços perfeitos.

Desconheço teu corpo e tua face,

tua ausência fala aos meus olhos

tua voz não chega a ser ouvida,

eu mesmo não me escuto.

Conheço apenas os meus sentimentos

que sabem que te amo em tudo.

Respiro a tua ausência.

Pergunto  ao minuto que passa

o que te impede de me abraçar

e não  respondes.

Se estás doente,

deixa-me chorar nos longos corredores da tua solidão,

beijar tua mão, te fazer companhia, ler para que durmas.

Não me deixa te deixar sozinha.

Eu  te amo tanto,

que sem imaginar escuto um pranto,

silencioso, ausente, branco

porque nunca te abracei.

Meu olhar se arrasta pelas ruas,

buzinas inaudíveis apressam o tempo,

minha alegria de viver morreu..

É muita tristeza  continuar vivendo

sabendo que nunca te abracei.

Pin It
Atualizado em: Sáb 10 Ago 2013

Comentários  

#3 Simony 30-03-2014 07:33
Sempre te amei
Mas nunca te abracei...
Adorei teu poema!
#2 tania_martins 13-09-2013 17:10
Parabéns!
Abraços.
#1 andreacosta 26-08-2013 13:57
Eu nunca te abracei,
mas sempre te desejei.

Nunca te vi,
mas sempre te quis.

É verdade,
Nunca te tive,
mas sempre te amei.

Andréa Costa

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222