person_outline



search

O PADRE E A MULHER

O padre Castro cantava apaixonado 

uma canção proibida para um padre,  

a historia do amor de um grão de areia  

por uma estrela do mar. 

 

Ele guardava um segredo no olhar dourado 

Quando cantava a música proibida 

Que me fazia chorar. 

 

Ele guardava um segredo na beleza da voz, 

O amor por uma escolhida,

Um sentimento humano de Deus.

 

O padre cantava apaixonado: 

-“Um pequenino grão de areia 

Que era um eterno sonhador, 

Olhando o céu viu uma estrela  

Imaginou coisas de amor. 

Passaram anos, muitos anos, 

Ela no céu ele no mar. 

Dizem que nunca o pobrezinho 

Pôde com ela se encontrar. 

Se houve ou se não houve 

Alguma coisa entre eles dois. 

Ninguém soube até hoje explicar, 

O que há de verdade é que depois 

Muito depois  

Apareceu a estrela do mar”.     

    

O padre encontrou sua Maria,

Renunciou ao nome padre 

E voltou a ser José,

E um dia,

Quando seus  cabelos estiverem brancos, 

Sua cabeça repousará

No colo da mulher.

Pin It
Atualizado em: Ter 5 Mar 2013

Comentários  

#8 Marlende 29-04-2013 16:52
Belo !!! Linda, suave, terna sua poesia...Adorei...Paarabéns !!!
#7 Mitya2 14-04-2013 12:42
Muito bonita sua poesia, também creio igual ao amigo Wiccos que o homem foi feito para amar, sentir desejo, constituir familia, não devia haver celibato.
Sua poesia realmente é uma perola da literaura romântica.
Abraços.
#6 Arnoldo 27-03-2013 15:57
O amor tem seus próprios caminhos.Parabéns.
#5 azara 24-03-2013 10:59
Parabens linda.Abraços
#4 CHARIETH 19-03-2013 18:45
Parabéns. belas palavras, mesmo lendo-a pareço estar ouvindo alguém recitá-la.
#3 wicos 12-03-2013 22:05
olha parabéns bela poesia , agora sobre o celibato a igreja tria que rever ,pois o padre é homem e o homem foi feito pra constituir famila valeu amigo do wicos
#2 Gilvan 10-03-2013 18:30
Grato pelas critica, mas perola mesmo é o seu olhar, que percebeu que chegou o momento da igreja católica permitir que seus padres tenham familia, como os sacerdotes do judaismo, indianismo, confucionismo, envangélicos, espíritas, e outras igrejas espiritualistas. O ex-padre é feliz.
#1 EXTREMOFILO 08-03-2013 11:22
Já que falas do mar sua composição é uma pérola. Musical e muito bem concebida. Parabéns!

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222