person_outline



search

BORBOLETA

Ainda que eu tiver que ver o crepúsculo

Pelo quadrado da janela

Tendo o chão gélido e molhado como colchão

Não desanimarei

 

Ainda que eu tiver que imprimir jornais

Na calada da noite

Para ser perseguida na calçada

Eu continuarei a panfletar meus ideais

 

Ainda que eu tiver que ficar com meu corpo nu

Para ser torturada

Para ser massacrada

Eu serei Minerva e firme ficarei

 

Ainda que eu tiver que sair do casulo

Para bater asas nas ruas de vidro

E sangrar todos os dias

Eu voarei

 

Ainda que eu tiver que perder minha vida

Na estrada deserta

Para vidas serem livres

Minha vida eu darei

Pin It
Atualizado em: Seg 14 Jan 2013

Comentários  

#18 PauloJose 04-04-2015 04:39
PUXA VIDA DIMENSIOAL.
VALEU
#17 PARAIBANA 14-03-2014 20:25
A esperança é a última q morre! belíssimo.
#16 CHARIETH 06-08-2013 22:59
Vai muito além do que está escrito. . .
Parabéns Poeta.
#15 PauloJose 13-03-2013 08:37
parabéns integridade física.
abraços.
#14 Simony 23-02-2013 00:22
Encantador!
#13 CHARIETH 20-02-2013 22:38
Muito bom, parabéns.
#12 Urano 20-02-2013 08:35
Dedicação e doação extrema, chamar atenção, encantar com leveza e cor, mesmo que por fugaz momentos,
mesmo que com isto tenha como destino um alfinete cravado em seu dorso ou suas asas abertas e inertes
e plácidas, marcando as paginas de um livro.

A borboleta embora frágil, tem a capacidade de despertar a atenção, voando ou não.
E ninguém se lembra do corpo da borboleta, só das asas!

grato pela visita, sejas sempre bem vindo.
#11 PauloJose 03-02-2013 22:25
parabéns fantástico!
aplausos de pé.
#10 filippi 31-01-2013 19:14
A lagarta, quando sai do casulo que a aprisiona, acha que vai morrer e, no entanto, ganha nova vida, liberdade e cor e voa em direção à luz... Parabéns pela parábola!
#9 maker52 30-01-2013 08:12
...o caráter não tem expressão definida, ele é alimento da alma, escada para o espírito e devoto da vida, finalmente quando está moldado, ele serve de inspiração para aqueles que seguem abrindo estradas em nome da liberdade, parabéns pela poesia.

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222