person_outline



search

Melodia do que Anoitece

melodia do que te ias

(no que era de meio dia)

e agora é companhia

à minha matilha de finais...

 

quanto mais eu quanto contigo

quantifico-me no que me frio

melodia de rastro e foice

no dia-a-dia em que me arrasto

ao fogo-fátuo do meu não-fosse

 

(foste

vós que mais não me olhais?)

melodia do que me tarde

(tempestade

de um antes

sem os sinais)

e mais o teu voo se vaga

som que te busca e me perde

rosa esmagada entre o ver-te

rosa que mais entardece

a messe por entre o meu verde...

 

melodia do que te ocaso

sangue por entre o que vejo

sino flautando ao que beijo

melodia do que te lua

( é ela faltando ao que nua)

corte no opus do olho

látego flagelo e açoite

melodia...

melonoite

Pin It
Atualizado em: Dom 13 Maio 2012

Comentários  

#2 ANTENA 16-05-2012 17:49
Explêndido, amigo. Suas letras me lembram muito meu primo, o cantor Zé Ramalho. Parabéns!



abraço anarquista
#1 Marlende 14-05-2012 12:55
Gostei ! Triste e belo simultaneamte...Parabéns !

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222