person_outline



search

Proponho

Eu te quero na distância dos meus braços para arquear um laço sobre o corpo teu

Eu te espero como um sertanejo à chuva, que insistente luta movido por fé

Eu te penso como uma ventania, livre com poesia, intenso candor

Eu te sonho de olhos abertos, tecendo mistérios meio sem querer

Eu não sei se cabe a eternidade meio as minhas letras

Talvez seja bobeira, ou meu jeito de borboleta

Mas eu ainda assim... quero, espero, penso, sonho.. PROPONHO pelo tempo que estar por vir, esse meu desejo de sorrir sobre os lábios teus.

Pin It
Atualizado em: Ter 27 Mar 2012

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222