person_outline



search

Querida Lua

Oh Deus, que saudade da Lua.

De sua beleza nua.

De sua face bela.

 

Oh Deus, me aproxime dela.

Me afaste a peste.

E essa noite escura.

Que tanto me atordoa.

 

Deus meu, dê-me a luz divina.

Já me acabou a vela.

Já me vem o sono.

Logo me abandono.

No cobertor do frio.

 

No amanhecer do dia.

Logo me rio.

Me acaricia a face, o Sol.

Ao anoitecer novamente, nostalgia.

Oh Deus, que saudade da Lua.

Pin It
Atualizado em: Sáb 12 Mar 2011

Comentários  

#2 Thiago_Valadares 02-06-2011 02:34
Obrigado.
#1 BrendaGoolliver 10-04-2011 23:22
É profundo, melancólico e lindo! Adorei! Parabéns!

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222