person_outline



search

MEU TESOURO

Enquanto o sol ainda brilhava,
coroando o horizonte,
invadiram a minha vida.
E tudo roubaram de mim:
Dinheiro, objetos, cartões...
Todos os bens materiais.

Não fugiram
como ladrões na calada da noite.
Quando saíram,
o sol ainda se revelava,
agora já acobreando o horizonte.

Roubaram de mim, tudo,
mas deixaram o amor.
Que está bem guardado
no coração.

Não me roubaram a índole.
(A eles não interessava)
Tampouco roubaram o meu caráter.
(Não valeria nada...)

Tampouco roubaram a minha alma.
Eu a guardei como a um tesouro....
Guardei-a cuidadosamente:
Antes, eu a entreguei a Deus.

Pin It
Atualizado em: Sáb 15 Maio 2010

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222