person_outline



search

Lita e Gôdi

Lita e Gôdi se amavam.

Do mais alto grau

de sua sabedoria de infância,

cultivavam em seus coraçõezinhos

aquele amor de criança.

Aos quatro anos de idade

Lita e Gôdi se amavam.

Há quatro apenas

Lita e Gôdi se amavam.

E eles levavam a sério

as brincadeiras que viviam!

- Vão dormir, que já é tarde!

Acredite você ou não,

de verdade ele dormia.

- Minha cabeça está doendo! Lita choramingava.

E a “mãe” sabida lhe dava

um copo d’água e um grão de feijão

e a dor logo passava.

Lita foi embora.

Um dia ela cresceu.

Acabaram-se os feijões mágicos.

Pin It
Atualizado em: Dom 3 Jan 2010

Comentários  

#5 rackel 05-11-2010 07:14
A gente cresce, não é? O amor, as dores e também os encantos se transmutam e exigem cuidado real. Gostei.
#4 Sandra1959 05-01-2010 19:54
:-) Momento de uma infância longínqua, Abreu. Brincávamos de casinha e criança (já viu, né?) leva as coisas a sério. Hoje, adulta, queria que existissem esses feijões mágicos... para sarar todas as dores.
#3 Sandra1959 05-01-2010 19:52
:-) Coisas de criança, Seth... Só sei que o feijão, naquele dia, curou mesmo a minha dor de cabeça. Acredite.
+1 #2 seth 04-01-2010 17:24
isso é remédio caseiro sandra?feijão,ou é uma alusão a um medicamento imaginário?.depois me fala tá?.abraços.
+1 #1 Abreu 04-01-2010 05:35
Matutei, matutei, fui lá em João, o do feijão, e mais atrapalhado fiquei.

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222