person_outline



search

Prece a Orfeu

Orfeu do carnaval,
Orfeu da Conceição,
Ajude esse palhaço
Que sofre de desilusão.
Um pobre Pierrot e sua sina
De morrer de amor por sua Colombina.

Do carnaval, foi rei,
E no carnaval morreu.
Pelo amor de Eurídice,
Conheceu o que ninguém conheceu.
Olhe a lágrima na face do palhaço
Que verte incessante, sem cansaço.

Oh! Orfeu, meu amigo Orfeu,
Por que o carnaval é uma triste ilusão?
A gente se acaba em quatro dias,
E na quarta de cinzas, mata de dor o coração.
O mesmo palhaço que chora nas cinzas
Sorriu todos os dias ao lado de sua Colombina.

Eurídice, doce criatura,
Ilumina, como iluminou Orfeu.
Só você pode fazê-lo,
Pois sabes o quanto se sofreu.
Ah! Menina, tão ainda menina,
Por que escolheste ser minha Colombina?

E você, único poetina,
Colocou amor e morte
Quando criou Eurídice e Orfeu.
Deu-lhes muita alegria e pouca sorte.
A grande ilusão que escorre cristalizada
É símbolo de carnaval; que grande palhaçada.

Orfeu, empunhe o seu violão.
Conte-nos sobre o carnaval
Através de suas cordas, por favor,
Diga que ninguém o fez por mal.
Pierrot não diga quem é você,
Aquela Colombina não quer te merecer.
Pin It
Atualizado em: Qua 12 Ago 2009

Comentários  

#8 Pamaro 20-03-2010 19:08
O tema é bem interessante e tem inspirado muita gente. Essa mistura de alegrias do Carnaval e tristezas que o amor pode causar foi bem feita na poesia. Parabéns.
#7 Pamaro 20-03-2010 19:08
O tema é bem interessante e tem inspirado muita gente. Essa mistura de alegrias do Carnaval e tristezas que o amor pode causar foi bem feita na poesia. Parabéns.
#6 Abreu 24-11-2009 05:00
Meu amigo, em meados de 1980, adquiri um livro com média de mil páginas bíblicas, contendo todos os textos do mestre Vinícius de Moraes, o qual mantenho como relíquia até hoje, relendo-o com imenso prazer, vez ou outra. Lá no final, a peça teatral Orfeu da Conceição. Belíssimo texto a fazer-me relembrar prazeres idos.
Parabéns pela singela homenagem!
#5 Abreu 24-11-2009 05:00
Meu amigo, em meados de 1980, adquiri um livro com média de mil páginas bíblicas, contendo todos os textos do mestre Vinícius de Moraes, o qual mantenho como relíquia até hoje, relendo-o com imenso prazer, vez ou outra. Lá no final, a peça teatral Orfeu da Conceição. Belíssimo texto a fazer-me relembrar prazeres idos.
Parabéns pela singela homenagem!
#4 esther_cyrraia 14-09-2009 17:25
Carnaval e seus amores... ou amores e seu carnaval?

Parabéns!
#3 esther_cyrraia 14-09-2009 17:25
Carnaval e seus amores... ou amores e seu carnaval?

Parabéns!
#2 PaolaRhoden 12-08-2009 20:45
Linda poesia. Os meandros de um carnaval do coração. Abraços
#1 PaolaRhoden 12-08-2009 20:45
Linda poesia. Os meandros de um carnaval do coração. Abraços

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222