person_outline



search

NÃO TE AMO MAIS

Vou mandar anunciar
Em letras garrafais
Durante o recesso
Uma faixa no Congresso
Que não te amo mais
Uma medida provisória
Botar um chip na memória
Dos intelectuais
Vou dar caviar aos porcos
E ração aos començais
Não saio daqui nem morto
Se tiver que ser deposto
Vou ancorar no aeroporto
E decolar do cais.

Se eu assediar aquela moça
Visto uma camisa de força
Queimo os canaviais
Mas se tomar cajuína
Faço nevar em Teresina
E faltar coca em La Paz
Vou chorar minha desdita
Só quero que o mundo repita
Que eu não te amo mais.

Pin It
Atualizado em: Dom 8 Mar 2009

Comentários  

#6 tania_martins 15-02-2010 23:40
Gostei.Medidas drásticas!
#5 tania_martins 15-02-2010 23:40
Gostei.Medidas drásticas!
#4 neybomfim 09-03-2009 13:58
Seja bem-vinda. Gostei da poesia
#3 neybomfim 09-03-2009 13:58
Seja bem-vinda. Gostei da poesia
#2 marlei 09-03-2009 00:25
Joel, que coisa linda... simplesmente amei sua poesia! td de bom!
#1 marlei 09-03-2009 00:25
Joel, que coisa linda... simplesmente amei sua poesia! td de bom!

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222