person_outline



search

'Sem"

Sem mim, sem você
sem teu vizinho
sem teu carinho
sem teu irmão
sem teu amigo
que na amargura
te dá a mão...
sem tua mulher
sem marido
sem teu filho
sem teu patrão
sem teu empregado
todo suado
mãos calejadas
guiando a enxada
nesse torrão...
sem a criança, que feito rede
doce balança o alvorecer...
sem o estudante,
sem o professor,
que em marcha lenta
parte para o saber
Sem mim, sem você...
a pátria não existe,
é tudo triste...
vai depressa fenecer!
sem o respeito
que dá o direito
pra se viver...
Sem mim, sem você,
a pátria não existe...
sem o embalo melodioso
do teu trabalho,
podes sem dúvida tanto crescer?
Honestamente, tão de repente,
feliz viver?
Sem mim, sem você,
sem todo um povo
laborioso, tão sequioso
da boa paz, sempre obter,
não existe razão
desta nação, saudável ?
sem o civismo,
sem patriotismo,
sem vontade férrea,
sem Deus contigo
tua pátria, podeis amar?
sem sacrifício
sem paciência...
sem a decência,
do rumo certo
que é o correto
podeis trilhar
este teu chão
de fértil verde,
que vais ficar?
tu não podeis de jeito algum,
sí reclamar!
sem a gratidão por este solo,
que de berço nobre, um dia,
te viu nascer,
não podeis, ó brasileiros,
com muita honra querer vencer!
Sem pulso forte, vencendo a sorte,
das intempéries, podeis chegar
no cume alto do teu sonhar?
Sem mim, sem você,
este "COLOSSO", cantado em versos,
não faz sucesso,não pode ser!
Pin It
Atualizado em: Sex 6 Mar 2009

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222