person_outline



search

lilith. todavia...

no tempo das inquietações primeiras
o corpo selvagem, sem língua,
faz-se o meio da confissão

incontida / desarticulada

do anseio ancestral,

mas é de sintaxe proibida
a poesia e a vontade humanas

é a maçã nos dentes
do animal que procura

a definição que não lhe pertence.
Pin It
Atualizado em: Qua 28 Jan 2009

Comentários  

#2 SANTOSH 02-02-2009 11:55
É que o desejo está para o óleo, como a métrica, para a água: o segundo carrega o primeiro, sem jamais se misturarem. Adão que o diga.
+5 #1 SANTOSH 02-02-2009 11:55
É que o desejo está para o óleo, como a métrica, para a água: o segundo carrega o primeiro, sem jamais se misturarem. Adão que o diga.

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222