person_outline



search

Soneto ao Infinito

Todas as ânsias do meu sonho infeito,

toda a grandeza que me impele à frente,

toda minha alma, minha psique, a mente

a que luz irão no horror derradeiro?


O ser que pulsa pelo mundo inteiro,

a alta lágrima que se alastra quente,

serão perdidos para todo o sempre,

aniquilados do universo ao meio?


Não... pois há uma viva e eternal sentença

que paira livre além de todo mito,

que canta plena de verdade imensa...


Mesmo esquecida no oculto maldito,

A Grande Lei governa forte, intensa

No audaz segredo do além e infinito.
Pin It
Atualizado em: Dom 23 Set 2007

Comentários  

#4 TURNER 28-05-2011 22:20
So good!!!
+ 5 star
#3 TURNER 28-05-2011 22:20
So good!!!
+ 5 star
#2 TURNER 28-05-2011 22:20
So good!!!
+ 5 star
#1 TURNER 28-05-2011 22:20
So good!!!
+ 5 star

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222