person_outline



search

possível amor

um pouco do amanhecer dos dois estava a repara-los depois da noite que os emudeceu. havia entre eles um tempo dispendioso debruçado na distância de um vago intervalo. era simples como queriam, mas o percurso também era um silêncio, longo e tímido, e um deles deveria quebrá-lo, chegando ao outro lado daquele oceano que separava o desejo do ensejo. era simples como sabiam, mas ambos temiam que juntos fossem uma miragem, que seus corpos se esvaíssem desse mundo que não existia, e tornassem mudos à noite que esperavam em vão. o que bastaria para o amor se eles o deixassem intacto? por acaso estavam cansados de escreve-lo sem usufruir dos seus sons, e por fim chamariam-no em outro momento, quando a coragem se vestisse de um nome semelhante e a dúvida anoitecesse entre os dois.

Pin It
Atualizado em: Qui 23 Out 2008

Comentários  

#2 SANTOSH 23-11-2008 12:14
Pois que o amor permaneça intacto, já que não há complementos possíveis que não o maculem.
#1 SANTOSH 23-11-2008 12:14
Pois que o amor permaneça intacto, já que não há complementos possíveis que não o maculem.

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222