person_outline



search

Carta para Alice

Alice querida! Me apresenta as maravilhas do teu país. Até agora não consigo ver além desse porão escuro.
Me leva ao jardim, quero muito passear por entre as flores coloridas e beber da agua fresca da tua fonte.
Não sei o que aconteceu. Até ontem tudo era tão normal! Acho que mudei durante a noite. Como isso é complicado. Não sei o que fazer. Quem sou eu?
Sinto-me um tanto esquisita. Sinto- me grande e pequena ao mesmo tempo. Engraçado!
Alice o que posso fazer para chegar nas maravilhas do teu país? Se ao menos eu tivesse um pouco de juízo e voltasse ao meu estado normal, poderia tomar o caminho de volta e quem sabe encontraria o seu jardim florido e beberia da água fresca da fonte. Não consigo me lembrar de muita coisa que antes não sabia. Mudei várias vezes e hoje sou apenas uma menina insegura.
Como são complicadas todas essas mudanças! Mas eu continuo perguntando: - Como é que se faz pra conhecer as maravilhas do teu país?
É que eu não sei muita coisa. Essa é a verdade. Eu só quero sair daqui...pegar qualquer caminho, desde que me leve a algum lugar onde esteja as maravilhas de teu país.
Estou quase acostumada com as esquisitices que acontecem. Acho que somos todos loucos!
É eu sou louca. Imagino um tipo de vida muito fora do comum e isso não é normal.
Minha imaginação deve ter sido tomada pelas coisas que lí nos livros.
Penso que devo sair desse porão e percorrer o mundo como fez Dom Quixote de Lá Mancha, que saiu atrás de grandes aventuras.
Não preciso de grandes aventuras e o que desejo encontrar são tuas Maravilhas. Mas que disparate! O que eu estou dizendo? Será mesmo que sou louquinha? E daí se sou? Meu amigo um dia me falou que as melhores pessoas são!
Da sua sempre louquinha ...
Pin It
Atualizado em: Sex 3 Jul 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222