person_outline



search

O que eu não consigo esquecer

Eu só queria saber de você
Se por acaso ainda lembra
O que eu não consigo esquecer  
O suco de maracujá
Domingo de manhã
O brigadeiro com pipoca  
O sorvete de avelã
As fotos no espelho  
Difíceis de prestar
“Espera só um momento”
“Deixa eu me arrumar”  
Você fazia graça
Com o que tinha na mão
Todo final de semana
Em frente ao teu portão
Sentadas na calçada  
Até o sol raiar
Você na cadeira de plástico
E eu na de balançar
A mensagem que te mandei
Era para te recordar
Tantas lembranças, tanta saudade
Mas não consegui te falar
“Como tá a tua mãe?”
Foi uma forma de desviar
Do que eu queria mesmo saber
Mas não pude perguntar
Quem sabe um dia eu posso
Levar esses versos até você
E se isso acontecer
Por favor,
Não esquece de me responder
Você ainda se lembra
Do que eu não consigo esquecer?
Pin It
Atualizado em: Qui 30 Abr 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222