person_outline



search

Eus

Atente-se aos algos mudos, que em gritos surdos o silêncio diz.
Entenda seus abstratos mitos, multue ditos, edite a lábios.
Digite a dedos táteis medos de encontrar micróbios
sábios

Pêlos em arrepios lácrimos mentirando óbvios
de senhar com beijos.

Giz em pó nas beiras
sedam não loucuras
e apagantes "vejos".

Beijos açucares tímidos,
vulgares
a pertar loucuras
aproximam longes.
Nossos fósseis úteis
como em coma, glútem ossos.

Gestam atas.
Comem cumes.

Corpos:
Nossos não lugares
nus; 
eus solitários
fúteis.
Pin It
Atualizado em: Qui 14 Maio 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222