person_outline



search

A solidão

Ela chama os que sabe dos teus nomes
te grita mas não te envergonha

Ela nunca te acompanha
o passo dela não te abandona

Não finge que é de verdade
Não brinca com o que você sonha

Não multiplica o que te divide
Não subtrai o que você soma

Não te afoga quando te inunda
com nadas

Não nada no que te afunda
Não some

A última gota dela é a que te transborda.
Um único grão dela te mata a fome.
Pin It
Atualizado em: Ter 9 Jun 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222