person_outline



search

Desespero

Apenas tempestades nos céus
Não sei por que não há sol no céu
Mas passos no escuro se juntam
Já estão no jardim então

Tenho que continuar me movendo
Ou morrerei 

Havia gritos nas estrebarias a pouco
Mas eles cessaram
Chegaram até lá então...
Os passos estão mais perto da casa

Tenho que continuar me movendo
Ou morrerei

Um estouro
A porta da frente cedeu finalmente
Passos rápidos afundam o assoalho
Há  coisas sendo destruidas

Tenho de me mover 
Ou morrerei

Resta apenas o sótão
Será que vão chegar até lá?
Rapidamente me movo
Ou morrerei

Quebra quebra no primeiro andar
O som é ensurdecedor
O medo voraz me toma agora
Não há mais para onde me mover

Eles estão na porta...
Me escondo no fundo da estante
Atrás de uma caixa de aço
Quem sabe não é?

Tarde demais
Eles entraram
Derrubam as cadeiras e arrancam cortinas
Chutam a estante e me acham
- Socorro - agora eu morro, as traças me acharam!
Grita o livro desesperado ja sendo devorado.
Pin It
Atualizado em: Qui 21 Fev 2019

Comentários  

#1 pimentalzheimer 23-02-2019 11:01
:o

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222