person_outline



search

Maldita sedução.

Você me conquistou já na adolescência.
Usou a magia da minha imaginação
Fez-me ver pastos em desertos
Casas em brejos

Encantou-me a cada segundo de minha vida
Era como beijos ardentes
E abraços convenientes
Acreditei, sempre.

Amor intenso, foi o que senti por você.
Você que entregou a lua
e pavimentou a rua que eu passava com carpete
Querida quantas viagens pela minha humilde imaginação

Você prometeu-me todo conforto da tecnologia
Seu dinheiro nunca nos desampararia
Não dormi de euforia

Fiquei com você noite e dia
Sonhando sempre com sua capacidade
Uma infindável fonte

Agora que faço, você se revelou
Era tudo mentira e hipocrisia
Me amar você não pretendia

Sai a sedução e entra o desprezo
Me deixa órfão
Sentado na calçada com uma lata vazia na mão

Quantas dessas terei que recolher
Para comprar um pão
Maldita sedução.
Pin It
Atualizado em: Sáb 17 Jan 2009

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222