person_outline



search

ONDE O CALO APERTA

Quem pensa pra falar sapato?

Sapato se usa, se pisa, se anda, se compra. Até se admite especular certos aspectos, formatos... Bico fino, com salto, sem salto, preto, marrom... Se tem ou não cadarço... Mas é só.

Não se justifica uma filosofia sobre sapatos. Há comerciais, claro. Há designers. Industrias, mercados. Mas vejo nisso também um interesse exacerbado.

Não, definitivamente, não se pensa sapatos.

Na verdade, economiza-se meses e meses pra comprar um par.

Mas isso porque é necessário. Não se admite alguém andar por aí descalço.

Tem aquela estória do vendedor de sapatos que vai para a África, lembra?

"Pode investir porque aqui ninguém usa sapato..."
Mentira.

Mesmo lá tem gente que usa sapato. Só não usa quem não precisa, quem mora na rua, nas favelas...

Também vai usar sapato pra quê? Nem comem, vão pensar sapatos?

Então... Tá vendo? Ninguém pensa sapatos.

Só aqui, neste país de terceiro mundo, que um jovem cheio de futuro, recém aprovado no vestibular, de boa família, é morto esfaqueado porque tinha um bom sapato. Aqui é assim, mata-se e morre-se pelo pé calçado. Mas ninguém pensa sapatos.
Pin It
Atualizado em: Qui 13 Nov 2008

Comentários  

#4 tania_martins 15-02-2010 01:13
Excelente!
#3 tania_martins 15-02-2010 01:13
Excelente!
#2 Célio Dubanko 18-11-2008 18:01
Excelente texto, amigo! É que o calo quase sempre dói em pés que não costumam ter sapatos para usar...
+5 #1 Célio Dubanko 18-11-2008 18:01
Excelente texto, amigo! É que o calo quase sempre dói em pés que não costumam ter sapatos para usar...

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222