person_outline



search

Formação do professor, necessidade constante.

Ensaio Acadêmico
Tema: O conhecimento vivenciado no curso de Licenciatura em Letras habilita o professor para enfrentar o desafio de ensinar Língua Portuguesa no século XXI?
Os cursos de Licenciatura em letras têm trabalhado para formar cada vez mais completo o professor de português. Porém, por mais capacitado que ele saia do curso, encontrará realidades bem diferentes das que viu na teoria durante a sua formação. Conclui-se disso que, a Licenciatura habilita, mas o aperfeiçoamento depende da busca pessoal.
É muito comum “professores” querer responsabilizar outrem pelo o seu fracasso ou pela dificuldade extrema em lecionar, porém, muitas vezes, a causa disso nem diz respeito à formação, mas sim à postura de qualificação profissional.
Nessa premissa, é importante destacar que esse docente trabalha com uma língua viva, logo será necessário de atualizar sempre. Estudos recentes, apontam inadequação na postura desse profissional em sala de aula e não, na graduação do mesmo. Para Irandé Antunes, em sua obra, Aula de português: encontro e interação, o professor de Português não pode ser acomodado e conformado com suas práticas, pois isso o leva a não-reflexão impedindo-o de buscar novas trilhas e consequentemente vítima da inércia.
A questão em análise pode ser comparada a do motorista recém-habilitado que possui todo o aparato legal, mas só a prática é que o levará a ser um docente de sucesso. Nessa vertente, independentemente da instituição de ensino todos estão nivelados pelo termo Habilitado, mas o acomodar-se com o título e não buscar maneiras de aprimorá-lo pode ser o princípio de um desencadeamento de fatores culposos que o docente poderá pode até tentar responsabilizar a graduação pelo seu insucesso.
Ensinar Língua Portuguesa é lidar com textos, com o real, o imaginário – ele é “sociocomunicativo” – portanto, desprezar esses elementos em pleno século XXI, é abrir fuga para! A autora contemporânea, Ingedore Vilaça, na obra - Ler e escrever: estratégias de produção textual diz que “O texto é um evento sociocomunicativo, pois o leitor também participa desta construção de sentidos num plano idealístico” neste sentido para que o professor alcance o objetivo não pode se estacionar sobre o certificado. Ademais, a Licenciatura em letras habilita, mas se não houver o preparo pessoal contínuo, essa por si só, não dá conta de todo fazer do professor em sala de aula.
Pin It
Atualizado em: Qua 3 Jun 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222