person_outline



search

A Despedida

Olha demoradamente para meu corpo,que já sem vida descansa neste gelado caixão.
Perceba o angustiante silêncio desta fúnebre capela,totalmente vazia.
Estás agora completamente sozinha,nem eu contigo mais estou.
Mas onde estão aqueles que em momentos festivos brindavam e sorriam ao seu lado?
Onde estão aqueles,aos quais tu defendia tão fervorosamente quando por mim
eram criticados?
Onde esta o ombro amigo para consolar-te neste momento de infortúnio?
Todos se foram!
Apenas meu cadáver,inerte,continua a teu lado.
Se lágrimas caírem em tua face,certamente não será pela perda,
mas pelo desolador sentimento de abandono.
Nesta congelante noite de inverno,despede-te daquele
que em sentimento já deixaste a muito tempo. 
Parece-me que a vida imita a morte,
pois estivemos sempre sós 
mesmo quando rodeados por muitos.
Nossa soturna solidão era de mágoa,dor.
Se o ambiente lúgubre deste local causar-te arrepios,
e sentir-te envolvida em um sufocante desespero...
Acostume-se...
Pois toda minha vida ao teu lado foi assim!
Pin It
Atualizado em: Sex 30 Nov 2018

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222