person_outline



search
  • PoEmas
  • Postado em

[Poemas] EQUILÍBRIO

eu era sol e ela mar
eu ventania, ela mormaço
eu noite, ela dia
eu perdição e ela calmaria.

eu era tão jovem para perceber
que ela era definitivamente
o meu ponto exato de equilíbrio.

mas,
na época
vivendo sempre cada dia
a flor da pele
eu desejava tudo
menos equilíbrio.

Isso é só mais uma coisa
sobre aqueles olhos
castanhos
que passou por mim
despercebido.

Em devaneios tentando compreender seu lado sobre o que houve ao decorrer das nossas estações, essa foi a melhor justificativa que eu não ouvi você dizer.



Janaina Couto ©
Publicado — 2016

@janacoutoj

Pin It
Atualizado em: Dom 28 Jun 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222