person_outline



search
  • PoEmas
  • Postado em

A saudade

A noite começa a surgir
Apago as luzes e tento dormir
O vento bate forte lá fora
Surgem lembranças de outrora
Sinto minha alma um tanto fria
E ao mesmo tempo tão vazia
Ouço vozes por todos os cantos
Minha angústia transparecida em prantos
Olho ao redor de meu quarto
Meu coração já está farto
São momentos de eterna solidão
Que mal sinto minha pulsação
Uma intensa tempestade dentro de mim
Que parece não ter mais fim
Já nem sei mais o que é ser forte
A saudade já decretou a minha morte.
Pin It
Atualizado em: Seg 7 Out 2019

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222