person_outline



search
  • PoEmas
  • Postado em

[Poema] LEMBRAR

Todas as vezes que ouvir “Os Outros”
ou até mesmo “Onde Anda Você”.

Todas as vezes que alguém pronunciar aquela frase
ou quando outro alguém me fitar daquela forma.

Todas as vezes receber um largo sorriso malicioso como o teu
ou quando outros lábios tocarem os meus.

Todas as vezes que sentir aquela mesma euforia
ou quando me deparar com aquela cena.

Todas as vezes que me tocarem da sua forma
ou quando tocar aquela a sua canção.

Todas as vezes que atravessar aquela esquina
ou descansar no banco marfim daquela praça.

Todas as vezes que acariciarem a minha nuca
ou quando me ver no envolto de um longo abraço apertado.

Todas as vezes que ouvir um timbre próximo ao seu
ou quando sem mais nem menos me ver diante de ti.

Todas as vezes que ler aquele poema…

Todas as vezes que ouvir “Vento no Litoral”…

Todas as vezes que chegar aquela estação…

Todas as vezes que uma brisa invadir a janela do meu quarto numa madrugada de verão…

Todas as vezes que numa quente madrugada contemplar o mar…

Todas as vezes que um olhar fixo e profundo fizer o meu corpo arrepiar…

Todas as vezes que a brisa deixar em mim o cheiro de mar…

Sempre que lembrar daquele verão.
Vou lembrar de momentos simples com você.

E vou amar você, novamente, da mesmíssima forma,
nem que seja por míseros instantes.

Sei que sorrir ao lembrar de como os dias daquele verão foram ainda mais quentes com você.

E, nesses instantes, apenas nesse momento, desejarei intensamente reviver tudo.

Depois?

Provavelmente os meus olhos ficarão acinzentados e serenos, quem sabe, até mesmo trêmulos…

quando me der conta de que o seu amor não mais me pertence e nem o meu a você.


Janaina Couto ©
[Publicado — 2019]

@janacoutoj

Pin It
Atualizado em: Ter 28 Jul 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222