person_outline



search
  • PoEmas
  • Postado em

Conhecendo uma Pessoa

Diferentes formas há de dizer que conheço uma pessoa...

Conhecer de vista é ser desconhecido, agir educadamente com o outro por mero consenso social.

Conhecer do dia-a-dia é rotineiro, é comentar sobre futilidades, é não fazer parte do dia do outro.

Conhecer de convivência nem sempre transmite carisma, somente hábitos são compartilhados, euforias e tensões expressas no momento exato que falta um verdadeiro conhecido.

O verdadeiro conhecido, pode ser um amigo, não necessariamente. É fiel, dialógico, te faz bem e te faz mal visando o bem.

Mas dentre essas personalidades, há uma exceção que transpassa qualquer forma natural de conhecer algo/alguém... Acontece com aquelas pessoas que de fantasias passam a ser reais, saem de um mundo outro que não este e, de repente está ao seu lado, passando positividade. O que dantes era inexistente, passou pelo desconhecido, conheceu-se e agora enraíza-se na minha persona. O desconexo e devaneio das conversas entre colegas desembocou em palavras de sentido único, igual. O ápice da relação é quando as leis da física são quebrantadas; dois corpos ocupam um só lugar, abstrato e substratos num coração.

O diminutivo nas frases, a elevação de um sorriso... Diminuiu-se o olhar e o pulsar de acelera...

Divergências, contrariedades e incompatibilidades... será que realmente existem?

Não há o que entender, talvez nem exista um “porquê”! Viver é co-participar!

Pin It
Atualizado em: Seg 7 Nov 2011

Comentários  

#1 jrs49 07-11-2011 12:45
Realmente viver é co-paticipar, sempre em nossas vidas teremos alguém com quem dividir opiniões, idéias e há aqueles que nos são especiais, que passam a fazer falta sua presença.
Parabéns pelo texto.
Abraços.

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222